domingo, 12 de maio de 2013

...só quando eu cruzo a Ipiranga (de cima da Avenida São João)...

Há um sentimento muito especial em circular pelas ruas do centro da cidade, principalmente quando passamos a residir em suas imediações. É renovador enxergar a cidade a partir do Elevado, carregar a bicicleta para todo lado e constatar que, sim, estamos vivos e com reserva de energias: muitas delas sub ou mal empregadas em ambientes quaisquer. Pedalemos a vida, feito ciclo de persistência, coragem e integridade.