terça-feira, 5 de maio de 2015

Coro de hipócritas

Tudo, inclusive a recusa em admitir o que melhorou no país. Tudo, inclusive a ignorância. Tudo, inclusive o discurso de ódio e os gestos menores e maiores de violência. Tudo, absolutamente tudo foi, é e será atribuído a uma única legenda, de modo a que os erros e a hipocrisia de quem votou no outro partido (tão falível, corrupto e sobremodo cínico) sejam depositados e concentrados como em um dínamo feito de incerteza pessoal e histeria coletiva. Imediatamente, transferirão isso para uma única mulher, porque, afinal, somos progressistas, sociais e democráticos, oras.